Janis Joplin se foi há 40 anos – Cantora americana foi uma das melhores vozes do rock and roll

Publicado: outubro 4, 2010 em Janis Joplin

Divulgação/Sony Music

Janis Joplin nasceu em 19 de janeiro de 1943 no Texas

No dia 4 de outubro de 1970, ainda abalado pela morte prematura de Jimi Hendrix no mês anterior, o mundo do rock teve de encarar outra perda absurda. Naquele dia, que nesta segunda (4) completa 40 anos, morria Janis Joplin.

Vítima de uma overdose possivelmente acidental, a cantora americana tinha apenas 27 anos, mesma idade de Hendrix. Embora ainda muito nova, a texana nos deixou um dos mais importantes legados da história do rock.

A garota tímida tornou-se fã do blues ainda menina, fascinada por cantoras como Bessie Smith. Aos poucos, foi também se apaixonando pelo rock and roll, e a mistura desses dois gêneros musicais e também de soul e country marcaram sua trajetória.

Em 1966, ela entrou na banda californiana Big Brother & The Holding Company, e a levou ao estrelado com seu segundo álbum, o hoje histórico Cheap Thrills (1968), do qual faz parte sua arrasadora releitura de Summertime e também a explosiva Ball And Chain.

Graças a uma performance simplesmente eletrizante no festival de Monterey, nos Estados Unidos, Janis rapidamente se transformou em uma sensação no cenário do rock.

Sua voz potente e com fortes influências da música negra, além da presença de palco marcante, a tornaram um dos grandes ícones da geração hippie. Em 1969, Janis saiu do Big Brother, lançando I Got Dem’ Ol’ Kosmic Blues Again Mama.

Se em termos artísticos a intérprete se mostrou revolucionária, aliando isso a seu visual cigana imitado por fãs nos quatro cantos do planeta, a vida pessoal de Janis sempre foi complicada, com direito a romances conturbados, excessivo consumo de drogas e uma insegurança constante.

Em 1970, estava finalizando as gravações de um novo álbum quando foi encontrada morta. Ironicamente, ela só precisava colocar a voz em uma última canção para fechar o álbum. O título: Buried Alive In The Blues (enterrada viva no blues).

Lançado no ano seguinte, Pearl (pérola, um de seus apelidos) logo se mostrou uma verdadeira obra-prima, atingindo o primeiro lugar nas paradas de todo o mundo graças a faixas excepcionais como Move Over, Cry Baby, A Woman Get Lonely e especialmente Me And Bobby McGee.

Janis Joplin influenciou e influencia gerações de cantoras, entre as quais Stevie Nicks, Joss Stone, Amy Winehouse, Angela Ro Ro e inúmeras outras. Seus discos continuam em catálogo, conquistando novos fãs a cada ano. Descanse em paz.

Veja Janis interpretando Summertime ao vivo em 1969:

http://www.youtube.com/v/mzNEgcqWDG4?fs=1&hl=pt_BR

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s