Arquivo da categoria ‘Bono Vox’

Tony Blair, ex-primeiro ministro britânico, está convencido de que o roqueiro irlandês Bono Vox poderia estar ajudando a mudar o mundo como político. Isso se ele não tivesse escolhido dedicar-se à uma carreira musical.
O líder do U2 tem dedicado bastante tempo e dinheiro a causas sociais, além de participar de debates políticos e usar seu status para marcar encontros privados com figuras públicas e políticas de grande influência, como George W. Bush, o próprio Tony Blair e, mais recentemente, o líder russo Dmitry Medvedev. Mas Blair acredita que o músico poderia fazer muito mais e ter uma carreira política de sucesso, se decidisse abandonar a música e dedicar-se com exlusividade à política.

Em sua nova autobiografia, intitulada A Journey (Uma Jornada), Blair escreveu: “(Bono) poderia ter sido um presidente ou primeiro ministro. Ele possui um dom natural para a política, além de ter grande apelo popular, ser inteligente e um orador inspirado… ele também é motivado por um cosntante desejo de seguir melhorando, nunca satisfeito ou relaxado.”

Fonte: Contact Music

Foto: Reprodução

O líder do U2, Bono Vox, famoso por seu envolvimento com causas sociais, mostrou impaciência em entrevista ao jornal Daily Mail ao ser criticado por lançar uma campanha, com apoio das gigantes Nike e Apple, de incentivo à compra de roupas e eletrônicos em prol de um projeto filantrópico na África.

Ao ser questionado pelo tabloide britânico sobre a recepção que a campanha “Lace Up Save Lives”, lançada em conjunto pelas empresas Apple, Dell, Gap e Nike, estava tendo e se as pessoas estavam sendo simpáticas a um projeto filantrópico pensado por empresas tão ricas, Bono foi objetivo: “Você pode contribuir mesmo se você não for tão afortunado quanto eu”.

“Eu sou abençoado e eu ganhei dinheiro demais com o meu trabalho, por isso eu estou tentando doar meu tempo e meus recursos”, tentou argumentar Bono. “Mas, você sabe, eu sou um rockstar rico, então atire em mim. Eu não ligo que me critiquem, contanto que os que fazem isso estejam fazendo sua parte”, completou.

Bono Vox parece ter esquecido, no entanto, que o excesso de consumo também é um problema mundial. O músico espera que as pessoas comprem os produtos das empresas levando em consideração as doações que serão realizadas: “Eu não estou pedindo que as pessoas coloquem a mão em seus próprios bolsos e sim nos bolsos das grandes corporações, mas não estou certo de que elas entendem isso”, finalizou.