Arquivo da categoria ‘Brazilian Day’

Público vestido de verde e amarelo pôde comprar produtos típicos do Brasil em barracas montadas no parque (Foto: Carlos Yamate/IPC Digital)

O rapper Marcelo D2 se apresentou no evento que reuniu os brasileiros em Nova York. (Foto:Luiz Ribeiro/TV Globo)

Os shows do Brazilian Day agitaram neste domingo (6) as cidades de Nova York, nos Estados Unidos e e Tóquio, no Japão.

O evento em Nova York reuniu cerca de 1,5 milhão de pessoas na Sexta Avenida. Victor e Léo foram os primeiros a subir no palco. O rapper Marcelo D2 e os cantores Arlindo Cruz e Alcione também se apresentaram.

A cantora Elba Ramalho fechou o show com muito forró para a plateia que relembrou os sucessos “Banho de cheiro”, “De volta pro aconhego” e “Festa do interior”.

Regina Casé comandou o evento que vai virar um programa especial apresentado por ela que será exibido pela TV Globo no dia 13 de setembro, após o “No limite”.

Em Tóquio, 25 mil pessoas marcaram presença no parque Yoyogi, no Japão. O apresentador Serginho Groisman comandou o evento e a música ficou por conta da banda Jammil e uma noites.
Anúncios

A 25ª edição do evento Brazilian Day, realizada neste domingo (6), pretende reunir 1 milhão de pessoas na Sexta Avenida, em Nova York, para assistir a diversos shows. Elba Ramalho, Marcelo D2, Carlinhos Brown, Alcione, Arlindo Cruz e a dupla Victor e Léo vão subir ao palco para se apresentar principalmente para brasileiros, que aproveitam a data para matar as saudades do país.

Os shows vão virar um programa especial apresentado por Regina Casé que será exibido pela TV Globo no dia 13 de setembro, após o “No limite”. Neste ano os organizadores decidiram ousar na edição e incorporar ao especial imagens de brasileiros que vivem em Nova York, que vão contar suas histórias pessoais para o público daqui.

Criador do “Brazilian Day”, João de Matos acredita que o novo formato do programa será uma forma de comemorar os 25 anos do evento. “Quando tudo começou, era só um quarteirão. Hoje temos grandes artistas e atraímos gente de todos os EUA. Queremos alegrar os brasileiros que estão lá trabalhando e vivendo. Eles esperam muito por esse dia, por isso a reação do povo é uma choradeira só, emociona muito”, diz.

‘É uma emoção muito grande’, diz Alcione (Foto: TV Globo/Divulgação)

“Vai ser uma noite linda, superbrasileira”, promete Elba Ramalho, que será uma das principais atrações do “Brazilian Day”, que vai reunir a comunidade brasileira nos EUA no dia 6 de setembro, na Sexta Avenida, em Nova York. O evento, que acontece anualmente há 25 anos, tem público esperado de cerca de 1 milhão. “Vamos levantar o povo com muita alegria”, disse Elba em entrevista coletiva nesta quarta-feira (19).

Além da cantora, Marcelo D2, Carlinhos Brown, Alcione, Arlindo Cruz e a dupla Victor e Léo vão se apresentar no Brazilian Day. “É uma emoção muito grande, vai ser 1 milhão de pessoas querendo matar as saudades por meio de nós, somos como uma ponte, entre a saudade e a alegria”, diz Alcione que também vai cantar o Hino Nacional no evento. “Vamos ter samba, axé, forró, sertanejo e hip hop no palco, queremos mostrar a diversidade da música brasileira”, afirma Léo, da dupla sertaneja.

A festa já vai começar na véspera, em que Carlinhos Brown planeja levar à “big apple” uma das tradições mais populares da Bahia: a lavagem das escadas do Bonfim. O cantor vai lavar a Rua 46, conhecida como a rua dos brasileiros, acompanhado de um grupo baiano de meninas percursionistas. “A lavagem significa renovação de laços, sempre tem uma ligação com a espiritualidade”, diz Brown.

Programa especial

Os shows vão virar um programa especial apresentado por Regina Casé que será exibido pela TV Globo no dia 13 de setembro, após o “No limite”. Entretanto, este ano os organizadores decidiram ousar na edição e incorporar ao especial imagens de brasileiros que vivem em Nova York, que vão contar suas histórias pessoais para o público daqui.

“Este ano vamos ter uma parte documental, que vai fazer todo mundo entender por que a colônia brasileira de Nova York ganhou tanta força a ponto de ter um ‘Brazilian Day’”, diz Regina Case. “Selecionamos alguns personagens, e eles vão falar das músicas desses artistas que fazem eles se emocionarem”, conta.

Criador do “Brazilian Day”, João de Matos acredita que o novo formato do programa será uma forma de comemorar os 25 anos do evento. “Quando tudo começou, era só um quarteirão. Hoje temos grandes artistas e atraímos gente de todos os EUA. Queremos alegrar os brasileiros que estão lá trabalhando e vivendo. Eles esperam muito por esse dia, por isso a reação do povo é uma choradeira só, emociona muito”, diz.