Arquivo da categoria ‘Chris Brown’

Chris Brown regressou ao primeiro lugar da lista das músicas R&B/ Hip-Hop da Billboard com o tema «Deuces». De acordo com o site da agência Associated Press, o cantor também faz sucesso no cinema, visto que protagoniza o thriller «Takers», que entrou, na semana passada, imediatamente para o primeiro lugar nas bilheteiras.
Desde que foram conhecidos, em Fevereiro de 2009, os actos de violência doméstica de Chris Brown contra a sua namorada da altura, a cantora Rihanna, o intérprete de «No Air» não tem tido muito sucesso na sua carreira musical.

No passado mês de Dezembro, Chris lançou o seu terceiro álbum, «Graffiti», que registou vendas muito baixas. Além disso, só o tema «I Can Transform Ya» conseguiu ter um lugar nos tops, chegando apenas à 20ª posição das listas de músicas pop.

CHRIS BROWN

Publicado: maio 8, 2010 em Chris Brown

O cantor Chris Brown (Foto: divulgação)

O cantor americano Chris Brown vai desembarcar pela primeira vez no Brasil para quatro apresentações em maio.

Os shows da turnê “Fan appreciation”, de seu terceiro e mais novo álbum “Graffiti” (Jive Records, lançado no Brasil pela Sony BMG) acontecem no Chevrolet Hall, em Belo Horizonte (19/05); no Credicard Hall, em São Paulo (20/05); no Citibank Hall, no Rio (21/05); e no Pepsi On Stage, em Porto Alegre (22/05).

Os shows no Brasil devem incluir, além das faixas do novo álbum, canções como “Run It!”, “Yo (Excuse me miss)”, “Gimme that”, “With you”, “Forever” e “Kiss kiss”.

Dançarino e ator, Chris Brown lançou seu primeiro disco em 2005, aos 16 anos. Hoje, aos 20, já colecionando três Billboard Awards, uma estatueta de Artista do Ano no American Music Awards e duas indicações ao Grammy.

A pré-venda exclusiva para clientes Credicard, Citibank e Diners acontece entre os dias 7 e 14 de abril pelo site http://www.ticketsforfun.com.br/, pelo telefone 4003-5588 e nos demais pontos de vendas no país. A venda para o público em geral inicia a partir do dia 15 de abril nos mesmos canais de vendas.

De acordo com a produção, outras informações sobre a venda dos bilhetes serão divulgadas posteriormente.

O cantor Chris Brown. (Foto: AP)

O cantor Chris Brown fez um apelo aos fãs para ajudarem a emplacar seu novo disco, “Graffiti”, nas rádios americanas. Em uma gravação publicada nesta quarta-feira (10) no site SayNow.com, o músico reconhece que pode estar sofrendo resistência após ter sido condenado por agredir a cantora Rihanna, sua então namorada, em fevereiro de 2009.

“Eu preciso de todos os fãs que eu tenho, eu preciso da ajuda de todos vocês. É uma loucura que muitas estações de rádio… algumas estações de rádio não estejam tocando meus discos. Elas não estão dando apoio, e eu não esperava que elas dessem”, diz Brown na mensagem. “Cabe aos fãs usar de todos os seus poderes para me trazer de volta, porque isso é tudo o que eu preciso.”

Brown foi sentenciado a 180 dias de serviços comunitários e cinco anos de liberdade condicional pela agressão à Rihanna. Ele pediu desculpas publicamente e começou a prestar serviços comunitários, em setembro passado, que incluem limpeza de estradas, em seu Estado natal da Virgínia.

“Não há mais nada que eu possa fazer. Estou fazendo tudo o que eu preciso. Estou me tornando uma pessoa melhor. Mas depende de vocês todos”, completou o cantor na mensagem, que pode ser ouvida (em inglês) aqui.

‘Em maus lençóis’

Lançando no início de dezembro último, “Graffiti” vendeu cerca de 250 mil cópias. O álbum de estreia do cantor de r’n’b, de 2005, vendeu mais de 2 milhões de cópias.

“Meu canto e minha música vão bem, mas eu faço isso por vocês e tudo o mais, mas não será possível [continuar] se eu não for relevante no rádio, não será possível para mim continuar a ser um artista se eu não tiver o apoio das pessoas para me dar um canal como artista. Eu não posso ser um artista underground de mixtapes”, conclui.

No final do ano passado, a revista divulgou uma lista das celebridades em detaque de 2009. Ao lado do golfista Tiger Woods e do rapper Kanye West, Chris Brown foi lembrado na categoria “homens em maus lençóis”.