Arquivo da categoria ‘Elvis Costello’

                                            Capa de “National Ransom”
Falta de coesão não estraga o novo disco de Elvis Costello, “National Ransom” – Colherada Cultural

Anúncios

Elvis Costello: figura satânica em projeto com Stephen King (Foto: Divulgação)
O cantor Elvis Costello vai participar da “ópera-rock” “Ghost brothers of Darkland County” (“Irmãos fantasma do Condado Soturno”, em inglês), escrita pelo autor de livros de horror Stephen King (autor de “O iluminado” e “Carrie, a estranha”, entre outros) com o cantor John Cougar Mellencamp.

O projeto multimídia será lançado como um disco triplo, acompanhado de um livro. Mellencamp diz em um texto publicado no site oficial de King que o projeto “não é um audiobook tradicional, oferecendo uma experiência mais parecida com ouvir um programa de rádio antigo, acompanhado de músicas”.

Além de Costello, que vai fazer o papel da “figura satânica” The Shape, o “drama familiar” conta ainda com artistas como os cantores country Kris Kristofferson (como o pai Joe) e Rosanne Cash (como a mãe Monique). As cantoras Sheryl Crow e Neko Case completam o elenco.

O cantor e compositor inglês Elvis Costello (Foto: divulgação)

O cantor inglês Elvis Costello anunciou para o dia 11 de janeiro o lançamento de “Live at Hollywood High”, o segundo da série de álbuns ao vivo “The Costello show”. As informações são do site da revista musical americana “Billboard”.

Gravado em junho de 1978, o disco trará 20 músicas, sendo 11 gravações inéditas de Costello com a banda The Attractions. O repertório inclui canções de alguns dos primeiros discos do cantor, como “My aim is true”, “This year’s Model” e “Armed forces”.

Entre as músicas inéditas de “Live at Hollywood High” estão versões de “Lip service”, “The beat”, “(The angels wanna wear my) Red shoes”, “(I don’t wanna go to) Chelsea”, This year’s girl”, “No action”, “Radio, radio” e “Pump it up”.

O primeiro volume da série “The Costello show” foi “Live at the El Mocambo”, show gravado em março de 1978, em Toronto, no Canadá, lançado em setembro. Os futuros discos da coleção incluem, entre outros concertos gravados no Royal Albert Hall e no Royalty Theater, ambos em Londres.