Arquivo da categoria ‘Festival de Jazz de Montreaux’

hthttp://www.youtube.com/v/YE4mKXKIQH4&hl=pt_BR&fs=1

Phil Collins estava longe dos palcos há oito anos.

Phil Collins relembrou na noite desta quinta-feira (23) clássicos da música dos anos 60, na abertura do Festival de Jazz de Montreux, oeste da Suíça, um dos eventos mais tradicionais e importantes da música mundial.

Aos 59 anos e após oito anos de silêncio, o cantor britânico compartilhou suas lembranças de infância interpretando sucessos da gravadora Motown, um ícone da história musical do século 20 e que lançou nomes de sucesso como The Temptations, Stevie Wonder, The Supremes, Michael Jackson e Smokey Robinson.

Com pouco fôlego e energia, Phil Collins foi socorrido pelos 18 membros de sua banda de apoio, muito sólida como sempre costumam ser as que o líder do Genesis costuma montar, e por três dançarinas que se envolveram profundamente em suas performances.

Neste concerto único na Europa antes do lançamento, em setembro, do álbum com esses sucessos clássicos, o ex-líder do Genesis se apresentou para 3.500 espectadores no auditório Stravinsky de Montreux.

Phil Collins lutou para interpretar I’ll Pick You Girl (J. Austin e Bryan Cox), You Really Got a Hold On Me (Smokey Robinson, também gravada pelos Beatles), Going Back (Gerry Goffin e Carole King, gravada pelos Byrds), que dá título ao novo álbum, e apanhou muito com uma nova versão de You Can’t Hurry Love (The Supremes), que ele regravou pela primeira vez nos anos 80.
Copyright AFP –


O Festival de Jazz de Montreux, que acontece todos os anos na Suíça, divulgou nesta quinta-feira, dia 29, a lista de atrações da sua edição deste ano.

De acordo com os organizadores do evento, considerado um dos mais importantes festivais musicais da Europa, artistas como Phil Collins, Roxy Music e Norah Jones já estão confirmados para a 44ª edição.

O inglês Phil Collins fará um show exclusivo com os grandes sucessos da lendária gravadora Motown. Músicos de todo o mundo de diversos gêneros como pop, rock, jazz e blues, irão conferir canções da soul music da década de 60 na voz do artista.

Para o fundador do festival, Caude Nobs, Collins é como um velho amigo, já que ele tocou no evento em 1980 com sua banda Brand X em um show gratuito.

Entre as atrações, Billy Idol, Ben Harper, Gary Moore e Massive Attack mostram a diversidade musical do festival que acontece entre os dias 2 e 17 de julho.

Nobs afirma que muitos podem questionar o nome jazz já que serão apresentados artistas de diversos gêneros, mas ele logo menciona que todos os principais nomes do jazz capazes de atrair multidões já confirmaram presença.

A pianista e vocalista Diana Krall irá dividir o palco com seu marido Elvis Costello, que será acompanhado pelo grupo country The Sugarcanes. Keith Jarrett, que já se apresentou em 1967, volta a se sentar no piano um dia depois do pioneiro Chick Corea.

Herbie Hancock encerra os shows de piano e comemora sua 26ª participação no evento, considerada um recorde. Para Nobs, se um artista é convidado por dois anos consecutivos, é porque ele trará algo de novo ao festival, mas Hancock se apresentou em todos estes anos com músicas e instrumentistas diferentes.
Autor: Andreia Pasquali

Phil Collins vai tocar no Montreux Jazz Festival
(Foto: Divulgação)
Phil Collins, Massive Attack, Roxy Music, Ben Harper e até Billy Idol vão tocar no Montreux Jazz Festival deste ano. O evento, um dos mais importantes do calendário de shows do verão europeu, também vai ter atrações de jazz, para justificar o nome, como o pianista Brad Mehldau e a cantora Diana Krall, que vai dividir o palco com o marido Elvis Costello, além do ícone Herbie Hancock.

O guitarrista Mark Knopfler (ex-Dire Straits), a cantora e atriz Charlotte Gainsbourg e Paco de Lucia, que toca flamenco, também são nomes confirmados pelo fundador do festival, Claude Nobs.

“O espectro da música se tornou muito amplo e você pode olhar para o programa e pensar ‘o nome jazz deveria ser mencionado?’. Mas este ano, fomos muito sortudos,” disse Nobs. “Nós temos nomes consideráveis do jazz que vão atrair uma multidão.”

Fonte:G1

A cantora Lauryn Hill. (Foto: Divulgação)


BB King, Herbie Hancock, Black Eyed Peas e Lauryn Hill vão se apresentar no festival de jazz de Montreux, um dos mais importantes eventos musicais do verão europeu, anunciaram os organizadores nesta quinta-feira (2).

O fundador do festival, Claude Nobs, anunciou a programação eclética da 43ª edição anual do evento na cidade suíça, que acontece entre 3 e 18 de julho, com mais de mil músicos.

A edição deste ano, com 90 concertos, promete “um panorama musical de 360 graus”, dando preferência a eventos singulares e não tanto a astros que atraem públicos enormes.

“Montreux é um festival como nenhum outro. Não é preciso comprar ingressos para curtir a música: há muitos eventos gratuitos das 12h até as 5h da manhã”, disse Nobs à Reuters.

Susan Tedeschi vai abrir o show do lendário bluesman BB King, em 12 de julho. Três anos atrás King tinha feito uma despedida emocionada de seus fãs em Montreux, na turnê que descreveu como sendo sua última na Europa.

King, que está com 83 anos e já recebeu 14 Grammys, nasceu numa fazenda no Mississippi e cresceu no sul dos EUA nos tempos da segregação racial. Ele e sua famosa guitarra “Lucille” têm uma carreira que já cobre mais de seis décadas.

Homenagem

Dianne Reeves, Lizz Wright e Angelique Kidjo vão encabeçar um show em homenagem à ativista norte-americana dos direitos civis, cantora soul e compositora Nina Simone, que morreu em 2003. Lauryn Hill vai se apresentar depois na mesma noite, 11 de julho, no famoso palco do auditório Stravinski.

Nina Simone cantou duas vezes em Montreux, a última em 1976. Nobs recorda que o DVD desses segundo concerto mostra a cantora “tendo um acesso de raiva, insultando o público, rindo e chorando”.

Os grupos de rock Steely Dan e Dave Matthews Band vão encabeçar a festa norte-americana, em 4 de julho. O trio McCoy Tyner e o guitarrista Jeff Beck vão se apresentar no palco Miles Davis, respectivamente, em 14 e 17 de julho.

Veteranos
Alguns veteranos que vão retornar a Montreux incluem Herbie Hancock, George Benson, David Sanborn, Solomon Burke e Marianne Faithfull. Ganhador do Grammy, Hancock será acompanhado pelo pianista chinês Lang Lang e a Orquestra Nacional de Lyon.

Os ingressos para o evento de 5 de julho custarão 300 francos suíços (US$ 260).

Haverá três noites de homenagem a Chris Blackwell, que fundou a gravadora Island Records na Jamaica 50 anos atrás e é visto como responsável por fazer o mundo ouvir o reggae.

O festival será encerrado por Donna Summer, em clima disco.