Arquivo da categoria ‘Músicas do Esporte’

A Electronic Arts anunciou a lista completa de músicas que estarão presentes em seu novo pacote de games de esportes: Madden NFL 10 (futebol americano), FIFA 10 (futebol), NHL 10 (hóquei no gelo), e NBA Live 10 (basquete). O mais interessante é que as trilhas sonoras tentam agradar os fãs de cada esporte ao mesmo tempo que busca uma certa sincronia com a modalidade esportiva em si. Ao todo a lista é bastante variada, indo do hip-hop ao metal, do indie rock ao R&B.

Veja aqui as listas e as características particulares de cada uma:

Madden NFL 10 O futebol americano, mais popular entre os esportes norte-americanos, tem em sua trilha a predominância dos ritmos mais populares por lá, o hip-hop e o rock.(Foto: Divulgação)
O futebol americano é o esporte mais popular e multirracial dos Estados Unidos. Por conta disso, sua trilha sonora é feita de extremos que vão do hip-hop de Public Enemy e 2Pac ao tradicional metal dos ingleses do Black Sabbath e Judas Priest. É o tipo de lista feita para agradar ‘gregos e troianos’, com destaques tanto para quem gosta de rap e suas variações, quanto para quem prefere um rock mais ‘porrada’.

— 2Pac – “Can’t C Me”
— Airbourne – “Heads Are Gonna Roll”
— Alice In Chains – “Them Bones”
— B.o.B – “Created A Monster”
— Bang Camaro – “Revolution”
— Beastie Boys – “Sabotage”
— Black Sabbath – “Paranoid”
— Cypress Hill “Get ‘Em Up”
— Helmet – “Unsung”
— Iron Maiden – “Aces High”
— Judas Priest – “Painkiller”
— Kid Rock – “I Am The Bullgod”
— Killswitch Engage – “Reckoning”
— Korn – “Blind”
— Mastadon – “Divinations”
— Nas feat. Puff Daddy – “Hate Me Now”
— Nirvana – “Breed”
— Pantera – “Walk”
— Public Enemy – “Shut Em Down”
— Rage Against The Machine – “Guerrilla Radio”
— Set Your Goals – “Gaia Bleeds (Make Way for Man)”
— Slipknot – “Duality”
— System Of A Down – “Sugar”
— The Vanity Plan – “Before I Die”
— Young Dre The Truth – “Cheah Beah”

NBA Live 10 Na NBA do astro do Cleveland Cavaliers, LeBron James, quem ‘manda’ é a black music. Com destaque para o hip-hop e o R&B. (Foto: Divulgação)
A base do basquete norte-americano está no basquete de rua – que funciona como os campos de várzea para os jogadores de futebol brasileiros –, onde o hip-hop chega até a fazer parte do jogo. Em campeonatos da modalidade há até DJs e MCs fazendo a trilha ao vivo. Por conta disso o ritmo toma conta da NBA e não poderia ser outra musica a dominar a lista musical de NBA Live 10. O destaque fica para as mixagens de gente ‘das antigas’ como Afrika Bambaataa e De La Soul, com o pessoal mais moderno, como Why G e Mos Def, só para dar alguns exemplos.

— 88 Keys feat. Colin Munro – “Wake Up Call”
— Afrika Bambaataa feat. Why G, Mickey Factz &The Fort Knox Five “Zulu! (We Don’t Stop Yawl)”
— B.o.B. – “Champion”
— Beastie Boys – “Pop Your Balloon”
— David Banner & GQ – “S.P.I.T.”
— De La Soul – “La La La”
— Dead Prez – “Still Bigga Than”
— Embassy Music Board – “Overtime”
— Grand Puba – “Get It”
— Laza – “Crank It Up”
— Matt & Kim feat. De La Soul – “Daylight (Troublemaker Remix)”
— Matt & Kim – “Daylight”
— Mick Boogie feat. Kidz In The Hall, Donnis & Daytona – “Class Of Our Own”
— Mickey Factz & B.o.B. – “Mind Got Blown”
— Mos Def feat. Talib Kweli – “History”
— Murs feat. Kurupt & Jay Rock – “We Ballin'”
— Pete Rock – “When I Need It”
— Reflection Eternal – “Get Lite”
— Rye Rye feat. Busy Signal – “Get Like This”
— Snoop Dogg – “Lodi Dodi (LIVE 10)”
— Wale feat. Jazmine Sullivan – “World Tour”
— Wyclef Jean feat. Haitian Fresh – “Ballin'”
— Xzibit feat. BJ The Chicago Kid & Poo Bear – “Fanatic”
— Young Dre The Truth & 2Pac feat. BJ The Chicago Kid – “All Eyez On Me (The Truth)”
— Zion I – “Go Hard”

NHL 10O rock’n’roll embala as acirradas partidas de hóquei no gelo de NHL 10. (Foto: Divulgação)

O basquete está para black music assim como o hóquei no gelo está para o rock. Por isso não é uma surpresa ver o ritmo dominando a trilha sonora de NHL 10. E o que vale aqui é mais ‘peso’ e cacoetes mais clássicos do bom e velho rock’n’roll. Dos metaleiros do Megadeth, passando pelo industrial insane do Ministry, o punk do Rancid, até o glam moderno do Eagles of Death Metal.

— Alexisonfire – “Young Cardinals”
— Cancer Bats – “Deathsmarch”
— CKY – “Hellions On Parade”
— Disco Ensemble – “Golden Years”
— Drangonforce – “Heroes Of Our Time”
— Eagles Of Death Metal – “Anything ‘Cept The Truth”
— Earl Greyhound – “Oye Vaya”
— Green Day – “Know Your Enemy”
— Megadeth – “Peace Sells”
— Metalkpretty – “Wake Up! Wake Up!”
— Ministry & Co-Conspirators – “Keys To The City (Chicago Blackhawks Theme Song)”
— MxPx – “Kids In America”
— Nickelback – “Burn It To The Ground”
— Papa Roach – “Into The Light”
— Priestess – “Raccoon Eyes”
— Rancid – “The Bravest Kids”
— Scorpions – “Rock You Like A Hurricane”
— Thousand Foot Krutch – “Fire It Up”

Fifa 10 A diversidade de craques do mundo todo, como o brasileiro Ronaldinho Gaúcho, também é retratada em sua trilha sonora. (Foto: Divulgação)

Como esporte mais popular do mundo a trilha Sonora de um jogo de futebol não poderia escapar do jeitão de ‘torre de Babel’. Em Fifa 10 são as seleções que trazem consigo o ritmo e bandas que têm mais a cara dos países participantes do game. Portugal, por exemplo, é representado com um tipo de tecno-kuduro do Buraka Som Sistema. Os argentinos vêm de Los Fabulosos Cadillacs, os norte-americanos com a dupla moderninha Matt & Kim. Aliás, os indies ainda têm representantes entre os noruegueses do datarock, e os suecos do Peter Bjorn And John.

— Adiam Dymott – “Miss You” (Suécia)
— Afrobots – “Favela Rock” (Brasil)
— Alex Metric – “Head Straight” (Inglaterra)
— Auletta – “Meine Stadt” (Alemanha)
— Balkan Beat Box feat. Tomer Yosef and Saz – “Ramallah-Tel Aviv” (Israel)
— BLK JKS – “Lakeside” (África do Sul)
— Bomba Estéreo – “Fuego” (México)
— The BPA feat. Ashley Beedle “Should I Stay Or Should I Blow” (Inglaterra)
— Buraka Som Sistema feat. Pongolove – “Kalemba (Wegue – Wegue)” (Portugal)
— CasioKids – “Fot I Hose” (Noruega)
— Children Collide – “Skeleton Dance” (Austrália)
— Crookers feat. The Very Best, Two Fingers & Marina Gasolina – “Birthday Bash” (Itália)
— Cut Off Your Hands – “Happy As Can Be” (Nova Zelândia)
— Dananananaykroyd – “Black Wax” (Escócia)
— Datarock – “Give It Up” (Noruega)
— Fabri Fibra – “Donna Famosa” (Itália)
— Fidel Nadal – “International Love” (Argentina)
— Los Fabulosos Cadillacs – “La Luz Del Ritmo” (Argentina)
— Macaco – “Hacen Falta Dos” (Espanha)
— Major Lazer – “Hold The Line” (Estados Unidos)
— Marcio Local – “Soul Do Samba” (Brasil)
— Matt & Kim – “Daylight (Troublemaker Remix feat. De La Soul)” (Estados Unidos)
— Metric – “Gold Guns Girls” (Canadá)
— Mexican Institute Of Sound – “Alocatel” (México)
— Nneka – “Kangpe” (Nigéria)
— Passion Pit – “Moth’s Wings” (Estados Unidos)
— Peter Bjorn And John – “Nothing To Worry About” (Suécia)
— Pint Shot Riot – “Not Thinking Straight” (Inglaterra)
— Playing For Change – “War / No More Trouble” (Mundo)
— Rocky Dawuni – “Download The Revolution” (Gana)
— Röyksopp – “It’s What I Want” (Noruega)
— Soshy – “Dorothy” (França)
— The Answering Machine – “It’s Over! It’s Over! It’s Over!” (Inglaterra)
— The Enemy UK – “Be Somebody” (Inglaterra)
— The Temper Trap – “Science of Fear” (Austrália)
— Tommy Sparks – “She’s Got Me Dancing” (Inglaterra)
— The Whitest Boy Alive – “1517” (Alemanha)
— Wyclef Jean – “MVP Kompa” (Haiti)
— Zap Mama – “Vibrations” (Bélgica)

Anúncios