Arquivo da categoria ‘Número 1’

A cantora Lily Allen, autora do hit mais ouvido na Inglaterra. (Foto: Divulgação)

O hit número 1 da Inglaterra no momento é “The fear”, faixa do novo álbum de Lily Allen, “It’s not me, it’s you”. Segundo a revista britânica “NME”, Esta é a segunda vez que a cantora lidera o ranking oficial das músicas mais executadas do país. A primeira foi com a faixa “Smile”, em 2006.

A lista das músicas mais ouvidas da Inglaterra foi divulgada no último domingo (1). A vice-campeã é a loira Lady Gaga, que há três semanas ocupava o primeiro lugar da parada, com a música “Just dance”.

Já na categoria dos álbuns mais vendidos, Bruce Springsteen vem em primeiro lugar, com o disco “Working on a dream”. A segunda posição ficou para o recém-lançado “Tonight”, do Franz Ferdinand.

Veja a lista completa dos campeões da música pop da Inglaterra:

Faixa
1. Lily Allen – ‘The Fear’
2. Lady Gaga – ‘Just Dance’
3. Kid Cudi vs Crookers – ‘Day ‘n’ Nite’
4. Tinchy Stryder Ft Taio Cruz – ‘Take Me Back’
5. James Morrison and Nelly Furtado – ‘Broken Strings’
6. Alesha Dixon – ‘Breathe Slow’
7. Kevin Rudolf Ft Lil Wayne – ‘Let It Rock’
8. Beyonce – ‘Single Ladies (Put A Ring On It)’
9. Saturdays – ‘Issues’
10. Kings Of Leon – ‘Use Somebody’

Disco
1. Bruce Springsteen – ‘Working On A Dream’
2. Franz Ferdinand – ‘Tonight: Franz Ferdinand’
3. Kings Of Leon – ‘Only By The Night’
4. Lady Gaga – ‘The Fame’
5. James Morrison – ‘Songs For You Truths For Me’
6. Script – ‘Script’
7. Beyonce – ‘I Am Sasha Fierce’
8. White Lies – ‘To Lose My Life’
9. Jason Mraz – ‘We Sing We Dance We Steal Things’
10. The Killers – ‘Day & Age’

Anúncios

AC/DC lidera paradas pop em todo o mundo

Publicado: outubro 29, 2008 em Número 1

A banda AC/DC em ação. (Foto: Divulgação)

A banda AC/DC lidera as paradas pop em todo o mundo com seu primeiro álbum em oito anos, comprovando que os fãs nunca se cansam de um guitarrista de meia idade que se veste como colegial e de um vocalista de voz dolorosamente rouca.

“Black ice” vendeu mais de 780 mil cópias nos Estados Unidos em sua primeira semana de lançamento exclusivo pelas lojas Wal-Mart, disse uma porta-voz do grupo na terça-feira (28), horas antes de a banda iniciar uma turnê mundial.

O disco, que saiu pela Columbia Records, teve a segunda maior abertura do ano, perdendo apenas para o 1 milhão de cópias vendidas na primeira semana de “Tha Carter III”, do rapper Lil Wayne, em junho. Superou facilmente os álbuns novos de outras bandas de rock, como Coldplay e Metallica.

Com um histórico de 15 álbuns gravados em estúdio em 33 anos, o AC/DC liderou as paradas norte-americanas apenas uma outra vez, com “For those about to rock we salute you”, de 1981, cuja faixa-título ganha o reforço de canhões “ao vivo” cada vez que é tocada no palco.

Número 1 em 28 países

Liderada pelo guitarrista Malcolm Young, de 55 anos, e seu irmão Angus, 53, que gosta de vestir-se como garoto sobre o palco, a banda também foi número 1 em 28 outros países, incluindo o Reino Unido, Austrália, Canadá, França, Alemanha, Japão e Argentina.

Foram distribuídas ao todo mais de 5 milhões de cópias de “Black ice” em todo o mundo, e, segundo sua porta-voz, a banda espera vender outros 5 milhões de cópias de álbuns de seu catálogo este ano.

Para o biógrafo da banda, Arnaud Durieux, que co-escreveu o livro “AC/DC: maximum rock & roll” e mantém o site de fãs ac-dc.net, o AC/DC é “uma marca comprovada”.

Durieux disse que o marketing agressivo da Columbia, o hype que cercou o contrato de exclusividade com o Wal-Mart e a popularidade maciça de videogames musicais como “Rock Band” e “Guitar Hero” criaram um efeito de bola de neve.

“A grande mídia, que nos últimos 28 anos praticamente ignorou a banda, despertou outra vez, e agora a banda voltou a ser vista como cool”, disse ele.