Arquivo da categoria ‘Premiação’

O cantor Milton Nascimento chega ao Canecão, no Rio, na noite desta quarta-feira (1º), para a cerimônia do Prêmio da Música Brasileira. (Foto: Alexandre Durão)

Apesar da retirada inesperada do patrocinador, o 22o Prêmio da Música Brasileira – o antigo Prêmio Tim – manteve seu brilho e reuniu uma constelação de artistas nacionais na noite desta quarta-feira (1), no Canecão, no Rio. “Não temos patrocínio, mas estamos aqui, porque somos artistas”, disse Fernanda Montenegro ao abrir a noite como apresentadora.

O cantor Lenine saiu vitorioso da premiação com dois troféus, de melhor disco e cantor, na categoria Pop/Rock. O grupo Bangalafumenga e a cantora Paula Toller também ganharam na categoria.

Milton Nascimento (pelo disco “Novas bossas”) também saiu da festa como vencedor, com dois prêmios nas categoria MPB. Já o sambista Zeca Pagodinho foi premiado três vezes pelo álbum “Uma prova de amor”.

A cerimônia, que homenageou a cantora Clara Nunes, teve ainda apresentações de Maria Bethânia, Zélia Dunca, João Bosco, Alcione, Lenine e outros, que cantaram músicas imortalizadas na voz da intérprete mineira.

A festa reuniu artistas como Milton Nascimento, Marcelo D2, Falcão, Marcello Anthony, Toni Platão, Fernanda Machado, Chico César, Wanderléa, Nelson Sargento, Ney Latorraca e outros.

Confira abaixo a lista completa dos premiados.

POP/ROCK
Melhor disco: “Labiata”, Lenine
Melhor cantor: Lenine
Melhor cantora: Paula Toller
Melhor grupo: Bangalafumenga

MPB
Melhor disco: “Novas bossas”, de Milton Nascimento e Jobim Trio
Melhor cantor: Milton Nascimento
Melhor cantora: Áurea Martins
Melhor grupo: Pedro Luís e a Parede

ELETRÔNICO
Melhor disco: “I real”, DJ Dolores

CANÇÃO
Melhor canção: “Uma prova de amor” (de Nelson Rufino e Toninho Geraes), Zeca Pagodinho

REVELAÇÃO
Artista: Zabé da Loca

DVD
Melhor lançamento: “Prosqueestãoemcasa”, Toni Platão

LÍNGUA ESTRANGEIRA
Melhor disco: “My baby just cares for me”, Delicatessen

ERUDITO
Melhor disco: “Heitor Villa-Lobos n2,3, 10, 12”, Orquestra Sinfônica de São Paulo

INFANTIL
Melhor disco: “Carnaval palavra cantada”, Sandra Peres e Paulo Tatit

PROJETO ESPECIAL
Melhor disco: “Omara Portuondo e Maria Bethânia”, Omara Portuondo e Maria Bethânia

SAMBA
Melhor disco: “Uma prova de amor”, Zeca Pagodinho
Melhor cantor: Zeca Pagodinho
Melhor cantora: Leci Brandão
Melhor grupo: Fundo de quintal

REGIONAL
Melhor disco: “Francisco forró y frevo”, Chico César
Melhor cantor: Chico César
Melhor cantora: Renata Rosa
Melhor grupo: Fim de feira
Melhor dupla: Chitãozinho & Xororó

INSTRUMENTAL
Melhor disco: “Passo de anjo ao vivo”, Spok Frevo Orquestra
Melhor solista: Hamilton de Holanda
Melhor grupo: Spok Frevo Orquestra

POPULAR

Melhor disco: “Confete e serpentina”, Maria Alcina
Melhor cantor: Zé Renato
Melhor cantora: Maria Alcina
Melhor grupo: Doces Cariocas
Melhor dupla: Zezé di Camargo & Luciano

ARRANJADOR
“E a música de Tom Jobim”, Jaques Morelenbaum

PROJETO VISUAL

Artista: “Francisco forró y frevo”, Chico César

Anúncios

Ator Jamie Foxx dança ‘Beat it’ no BET Awards. Premiação da indústria fonográfica realizada neste domingo (28) em Los Angeles teve homenagens a Michael Jackosn. (Foto: Reuters)

Beyoncé canta no BET Awards. Premiação da indústria fonográfica realizada neste domingo (28) em Los Angeles teve homenagens a Michael Jackson. (Foto: AP)

O pai do cantor Michael Jackson, Joe Jackson, e a irmã do popstar, Janet Jackson, participam do BET Awards. A premiação da indústria fonográfica, realizada em Los Angeles neste domingo (28), teve homenagens ao ídolo na última quinta-feira (25). (Foto: Reuters)

Fã veste camiseta com imagem de Michael Jackson no BET Awards. Premiação da indústria fonográfica teve homenagens realizada neste domingo (28) ao ídolo morto na última quinta. (Foto: Reuters)

Taylor Swift se apresenta com Joe Elliott, do Def Leppard, no CMT Awards. (Foto: AP)

A nova queridinha da América, a cantora Taylor Swift foi a estrela principal do CMT Awards na noite desta terça-feira (16), em Nashville, nos EUA. O cerimônia criada pelo canal de música country premia anualmente os melhores vídeos do gênero.

Na edição de 2009, Swift abocanhou dos prêmios, como Vídeo do ano e Melhor vídeo feminino, por “Love story”, faixa do seu multiplatinado álbum “Fearless”, de 2008. Além disso, o diretor Trey Fanjoy recebeu o troféu de Diretor de vídeos do ano pelo mesmo clipe.

E não foi só na contabilidade dos prêmios que Taylor foi lembrada. A garota de 19 anos e cabelos encaracolados foi estrela do clipe de abertura da cerimônia – onde cantou o rap “Thug story” (uma sátira ao estilo comportado de Swift) ao lado do rapper e produtor T-Pain. Ela voltou ao palco para cantar o hit “You belong with me” e fechou a noite ao lado de seus ídolos, os roqueiros Def Leppard, com a clássica “Put some sugar on me”.

Os artistas indicados para as 11 categorias populares do 16º Prêmio Multishow de Música Brasileira foram divulgados nesta terça-feira (12) pela organização do evento. Os indicados foram escolhidos pelos fãs na internet, e a votação final já começou no site do prêmio.

O Skank lidera as indicações entre as bandas, com cinco no total (além da categoria melhor cantor, onde concorrem Samuel Rosa), seguido por NXZero e Jota Quest, com quatro cada um (Rogério Flausino do Jota Quest também pe indicado a melhor cantor). Marcelo D2 é o músico solo com mais chances (cinco indicações), seguido por Marisa Monte, com três.

Além das categorias dos artistas, ainda existe a TV Zé, que compila vídeos com paródias dos clipes enviados por espectadores. Também haverá um grande homenageado (em 2008 foi Lulu santos) e um novo prêmio, dedicado às “mais relevantes iniciativas de distribuição de música em novas mídias”, chamado Iniciativa, e que deve ser escolhido pelo conselho do Multishow.

A cerimônia de entrega do prêmio será no dia 18 de agosto, e será transmitida ao vivo pelo canal. Confira abaixo os indicados:

MELHOR CANTOR
Seu Jorge
Samuel Rosa
Marcelo D2
Rogério Flausino
Lenine

MELHOR CANTORA
Marisa Monte
Ivete Sangalo
Vanessa da Mata
Roberta Sá
Ana Carolina

MELHOR CD
“Agora” – NXZero
“La plata” – Jota Quest

“Estandarte” – Skank
“A arte do barulho” – Marcelo D2
” Ao vivo em Copacabana” – Claudia Leitte

MELHOR CLIPE
“La plata” – Jota Quest
“Ainda gosto dela” – Skank
“Desabafo” – Marcelo D2
“Monstro invisível” – O Rappa
“Uma música” – Fresno

MELHOR DVD DE MÚSICA
“62 mil horas até aqui” – NXZero
“Multishow ao vivo” – Ana Carolina Dois Quartos
“Juntos e ao vivo” – Paralamas do Sucesso e Titãs

“Infinito ao meu redor” – Marisa Monte
“Multishow ao Vivo” – Capital Inicial

MELHOR GRUPO
NXZero
Jota Quest
Skank
Fresno
EVA

MELHOR INSTRUMENTISTA
Gee Rocha – NXZero
Gigi – Ivete Sangalo
Christiaan Oyens – El Niño
Martin Mendonça – Pitty
Débora Teicher – Scracho

MELHOR MÚSICA
“Beijar na boca” – Claudia Leitte
“Amado” – Vanessa da Mata
“Ainda gosto dela” – Skank
“Desabafo” – Marcelo D2
“Não é proibido” – Marisa Monte

MELHOR SHOW
“La plata” – Jota Quest
“Estandarte” – Skank
“Multishow ao vivo” – Capital Incial
“A arte do barulho” – D2
“Uma prova de amor” – Zeca Pagodinho

REVELAÇÃO
Glória
Primadonna
Tulio Dek
Banda Cine
Mallu Magalhães

TVZÉ
Claudia Leitte – “Beijar na boca” – (Renato Iezzi – RJ)
Skank – “Ainda gosto dela” – (Tiago Cardoso – Guarujá / SP)
NX Zero – “Cedo ou tarde” – (Cezar Correa – Rio de Janeiro / RJ)
Ivete Sangalo – “Dalila” – (Kadu Gauer – Jundiaí – SP)
Seu Jorge – “Burguesinha” – (Lívia Nicoliello – RJ)

NME Awards 2009

Publicado: março 2, 2009 em Premiação

Divulgação

A entrega do NME Awards, prêmio da publicação britânica New Musical Express, aconteceu nesta semana, em Londres, na O2 Academy Brixton, e teve como destaque as bandas Oasis e Blur.

O grupo liderado pelos irmãos Gallagher levou para casa o prêmio na categoria de Melhor Banda Britânica, além de Melhor Blog para o vocalista Noel, desbancando as bandas Foals e Radiohead.

Apesar de não estarem presentes na cerimônia, os integrantes do Oasis agradeceram os troféus através de um vídeo. Recentemente, o grupo lançou seu mais novo álbum, Dig Out Your Soul.

Uma grande surpresa na noite foi a apresentação da dupla Damon Albarn e Graham Coxon, ambos integrantes do Blur e que não tocavam juntos há anos. Eles cantaram a faixa ‘This is a Low’, do álbum Parklife (1994).

Os outros 2 integrantes da banda subiram ao palco apenas para entregar outro prêmio, o de Melhor Artista Solo, que foi para o polêmico ex-The Libertines, Pete Doherty.

O grupo Muse, que se apresentou no Brasil em julho de 2008, ganhou a disputa na categoria Melhor Show. Na categoria Melhor Banda Estrangeira, quem se deu bem foi o grupo norte-americano The Killers, cujo vocalista, Brandon Flowers, também concorreu ao prêmio de Herói do Ano ao lado de Alex Turner (Arctic Monkeys), Noel Gallagher e Barack Obama, eleito o vencedor.

O Arctic Monkeys ficou com o prêmio de Melhor DVD. Já Melhor Banda Nova e Melhor Canção foram para o duo MGMT, que venceu com a faixa ‘Time to Pretend’.

Para fechar com chave de ouro, a cerimônia contou com uma apresentação do grupo The Cure, que foi homenageado com um prêmio especial. A banda fez um show de meia hora e tocou grandes sucessos de sua carreira, como ‘Boys Don´t Cry’ e ‘Friday I´m in Love’.

Robert Plant e Alison Krauss levaram cinco prêmios Grammy. (Foto: Reuters)
A dupla Robert Plant e Alison Krauss levou cinco prêmios na 51ª edição do Grammy, neste domingo (8), em Los Angeles. O integrante do Led Zeppelin e a cantora de bluegrass, que lançaram o disco “Raising sand” em 2007, faturaram os troféus de álbum do ano, gravação do ano (“Please read the letter”), melhor colaboração pop com vocais (“Rich woman”), melhor colaboração country com vocais (“Killing the blues”) e melhor álbum de folk contemporâneo (“Raising sand”).

O Coldplay, que era um dos favoritos nesta edição da cerimônia, venceu em três categorias: canção do ano, melhor performance pop em dupla ou grupo com vocais, e melhor álbum de rock com “Viva la vida or death and all his friends”.
O rapper americano Lil Wayne, que antes era tido como favorito por suas oito indicações, levou quatro prêmios: melhor álbum de rap por “Tha Carter III”; melhor performance individual de rap pelo tema “La Milli”; melhor canção rap por “Lollipop”, e melhor colaboração de rap por “Swagga like us”.

O disco “In rainbows”, de 2007, rendeu ao Radiohead a vitória nas categorias melhor álbum alternativo e melhor pacote ou caixa em edição limitada.

A cantora Adele levou o prêmio de artista revelação, categoria em que concorriam Jonas Brothers, Lady Antebellum, Jazmine Sullivan e Duffy – esta última levou o prêmio de melhor álbum vocal pop. Adele também foi contemplada com o troféu de melhor performance vocal feminina com “Chasing pavements”.

Concorrendo com o veterano Al Green e o elogiado Raphael Saadiq, a cantora Jennifer Hudson venceu na categoria melhor álbum de R’n’B.

Baixa

Rihanna e Chris Brown, que se apresentariam no evento, cancelaram suas participações no domingo (8). Segundo a CNN, a polícia de Los Angeles procurou o cantor depois de receber uma denúncia de violência doméstica. Autoridades declararam que ele se envolveu em uma briga com uma mulher em um estacionamento na cidade.

O músico baiano Gilberto Gil, único brasileiro entre os indicados, não levou o prêmio de melhor álbum de world music. O troféu na categoria foi para Mickey Hart, Zakir Hussain, Sikiru Adepoju e Giovanni Hidalgo, com “Global drum project”.

Participações

Os prêmios foram entregues em uma cerimônia que durou cerca de três horas e meia com direito a diversas apresentações. A primeira atuação foi dos irlandeses U2, que embora não concorressem a nada, apresentaram ao vivo “Get on your boots”, o primeiro single de seu novo disco, “No line on the horizon”.

Concorrendo em duas categorias, Paul McCartney não foi contemplado, mas se destacou entre as performances ao vivo do evento. Acompanhado de Dave Grohl, do Foo Fighters, na bateria, o ex-Beatle cantou “I saw her standing there”, sucesso dos Fab Four.

O grupo Blink-182 se reuniu na cerimônia do Grammy para apresentar o vencedor na categoria melhor álbum de rock. Já o trio Jonas Brothers se juntou ao veterano Stevie Wonder para apresentar o hit “Superstition”, do músico de soul americano.

Depois de um retorno triunfal aos palcos em uma festa pré-Grammy, a cantora Whitney Houston voltou à cena no início da premiação para anunciar um dos contemplados. Já M.I.A., que ficou conhecida por misturar batidas de funk carioca em suas composições, poderia ter dado à luz na noite do evento, mas aguentou firme e se apresentou ao lado de Jay-Z, Lil Wayne e Kanye West.

Confira a lista de vencedores das principais categorias do Grammy:

Gravação do Ano: “Please read the letter”, de Robert Plant e Alison Krauss

Álbum do ano: “Raising Sand”, de Robert Plant e Alison Krauss

Canção do ano: “Viva la Vida”, de Coldplay

Artista revelação: Adele

Performance vocal pop feminina: “Chasing Pavements”, de Adele

Performance vocal pop masculina: “Say”, de John Mayer

Performance pop de dupla ou grupo com vocais: “Viva la vida”, de Coldplay

Colaboração pop com vocais: “Rich Woman”, de Robert Plant e Alison Krauss

Performance instrumental pop: “I Dreamed There Was No War”, de The Eagles

Álbum pop instrumental: “Gingue All The Way”, de Béla Fleck and The Fleckstones

Álbum pop com vocal: “Rockferry”, de Duffy

Gravação de dance: “Harder Better Faster Stronger”, de Daft Punk

Álbum de eletrônico/dance: “Alive 2007”, de Daft Punk

Álbum pop tradicional com Vogal: “Still Unforgettable”, de Natalie Cole

Canção de Rock: “Girls in Their Summer Clothes”, de Bruce Springsteen

Álbum de rock: “Viva la Vida or Death And All His Friends”, de Coldplay

Álbum de música alternativa: “In Rainbows”, de Radiohead

Canção de R&B: “Miss Independent”, de Ne-Yo

Álbum de R&B: “Jennifer Hudson”, de Jennifer Hudson

Álbum de R&B contemporâneo: “Growing Pains”, de Mary J. Blige

Canção de rap: “Lollipop”, de Lil Wayne Featuring Static Major

Álbum de rap: “The Carter III”, de Lil Wayne

Álbum de country: “Troubadour”, de George Strait

Canção de country: “Stay”, de Sugarland

Álbum de new age: “Peace Time”, de Jack DeJohnette

Álbum de jazz contemporâneo: “Randy in Brasil”, de Randy Brecker

Álbum de jazz com vogal: “Loverly”, de Cassandra Wilson

Solo de jazz instrumental: “Be-Bop”, de Terence Blanchard

Álbum de jazz instrumental: “The New Crystal Silence”, de Chick Corea e Gary Burton

Álbum de jazz latino: “Sonf for Chico”, de Arturo O’Farrill & The Afro-Latin Jazz Orchestra

Álbum de pop latino: “La vida… es un ratico”, de Juanes

Álbum de blues tradicional: “One Kind Favor”, de B.B.King

Álbum de blues contemporâneo: “City That Care Forgot”, de Dr. John and The Lower 911

Álbum de Reggae: “Jah is Real”, de Burning Spear

Álbum de folk tradicional: “At 89”, de Peter Seeger

Álbum de folk contemporâneo: “Raising Sand”, de Robert Plant e Alison Krauss

Compilação para trilha sonora: “Juno”, de vários artistas

Trilha sonora: “The Dark Knight”, de James Newton Howard e Hans Zimmer

Canção cinematográfica: “Down to Earth” (“Wall-E”), de Peter Gabriel e Thomas Newman

Jennifer Hudson foi contemplada com o prêmio de melhor álbum de R’n’B. (Foto: Reuters)
Depois de um retorno triunfal aos palcos em uma festa pré-Grammy, a cantora Whitney Houston voltou à cena para anunciar um dos principais vencedores da noite deste domingo (8) em Los Angeles: o melhor álbum de R’n’B. Concorrendo com o veterano Al Green e o elogiado Raphael Saadiq, a contemplada foi Jennifer Hudson e seu disco homônimo.

Al Green cantou “Let’s get together” acompanhado de Justin Timberlake. Em seguida, a banda britânica Coldplay subiu ao palco para mais um número musical. A banda de Chris Martin, aliás, recebeu o prêmio de música do ano, com “Viva la vida”.

Robert Plant e Alison Krauss levaram o troféu de melhor colaboração pop com vocais por “Rich woman”. A dupla também foi premiada com o troféu de gravação do ano com “Please read the letter”, versão da música feita em parceria com o colega Jimmy Page, do Led Zeppelin.

O grupo Blink-182 se reuniu na cerimônia do Grammy para apresentar o vencedor na categoria melhor álbum de rock: Coldplay. A banda britânica estava concorrendo com Kings of Leon, Metallica, Raconteurs e Kid Rock.

A cantora Adele levou o prêmio de artista revelação, categoria em que concorriam Jonas Brothers, Lady Antebellum, Jazmine Sullivan e Duffy – esta última levou o prêmio de melhor álbum vocal pop. Adele também foi contemplada com o troféu de melhor performance vocal feminina com “Chasing pavements”.

Shows

Concorrendo em duas categorias, Paul McCartney foi um dos destaques entre as atrações que se apresentaram ao vivo no evento. Acompanhado de Dave Grohl, do Foo Fighters, na bateria, o ex-Beatle cantou “I saw her standing there”, sucesso dos Fab Four.

O grupo Jonas Brothers se juntou ao veterano Stevie Wonder para apresentar o hit “Superstition”, do músico de soul americano. Também se destacaram na premiação os ingleses do Radiohead, que apresentaram ao vivo a faixa “15 step”, do disco “In rainbows”.

Confira a lista de indicados e os vencedores das principais categorias do Grammy:

Álbum do Ano
“Viva la vida,” Coldplay
“Tha carter III: The rebirth,” Lil Wayne
“Year of the gentleman,” Ne-Yo
“Raising sand,” Robert Plant e Alison Krauss (vencedor)
“In rainbows,” Radiohead

Melhor Álbum de R’n’B
“Love life,” Eric Benet
“Motown: a journey through Hitsville USA,” Boyz II Men
“Lay it down,” Al Green
“Jennifer Hudson,” Jennifer Hudson (vencedora)
“The way I see it,” Raphael Saadiq

Música do Ano
“American boy,” William Adams, Keith Harris, Josh Lopez, Caleb Speir, John Stephens, Estelle Swaray e Kanye West
“Chasing pavements,” Adele Adkins e Eg White
“I’m yours,” Jason Mraz
“Love song,” Sara Bareilles
“Viva la vida,” Coldplay (vencedor)

Melhor Colaboração Pop com Vocais
Alicia Keys e John Mayer “Lesson learned”
Madonna, Justin Timberlake e Timbaland “4 Minutes”
Robert Plant e Alison Krauss “Rich woman” (vencedores)
Rihanna e Maroon Five “If I never see your face again”
Jordin Sparks e Chris Brown “No air”

Melhor Álbum de Rock
“Viva la vida or death and all his friends,” Coldplay (vencedor)
“Rock N Roll Jesus,” Kid Rock
“Only by the night,” Kings of Leon
“Death magnetic,” Metallica
“Consolers of the lonely,” The Raconteurs

Artista Revelação
Adele (vencedora)
Duffy
Jonas Brothers
Lady Antebellum
Jazmine Sullivan

Gravação do Ano
“Chasing pavements,” Adele
“Viva la vida,” Coldplay
“Bleeding,” Leona Lewis
“Paper planes,” M.I.A
“Please read the letter,” Robert Plant e Alison Krauss (vencedor)

Melhor performance pop de dupla ou grupo com vocais

“Viva la vida”, Coldplay

“Waiting in the weeds”, Eagles
“Going on”, Gnarls Barkley
“Won’t go home without you”, Maroon 5
“Apologize”, OneRepublic

Melhor Álbum Vocal Pop
“Detours,” Sheryl Crow
“Rockferry,” Duffy
“Long road out of Eden,” Eagles
“Spirit,” Leona Lewis
“Covers,” James Taylor

Melhor Performance Vocal Pop Masculina
“All summer long,” Kid Rock
“Say,” John Mayer (vencedor)
“That was me,” Paul McCartney
“I’m yours,” Jason Mraz”
“Closer,” Ne-Yo
“Wichita Lineman,” James Taylor

Melhor Performance Vocal Pop Feminina
“Chasing pavements,” Adele
“Love song,” Sara Bareilles
“Mercy,” Duffy
“Bleeding love,” Leona Lewis
“I kissed a girl,” Katy Perry
“So what,” Pink

Melhor Álbum de Rap
“American gangster,” Jay-Z
“Tha carter III,” Lil Wayne
“The cool,” Lupe Fiasco
“Nas,” Nas
“Paper trail,” T.I.

Melhor Gravação Dance

“Harder better faster stronger”, Daft Punk (vencedor)
“Ready for the floor”, Hot Chip
“Just dance”, Lady Gaga & Colby O’Donis
“Give it 2 me”, Madonna
“Disturbia”, Rihanna
Brian Kennedy, producer; Phil Tan, mixer
“Black & Gold”, Sam Sparro

Melhor Álbul Dance / Eletrônico

“New York City”, Brazilian Girls
“Alive 2007”, Daft Punk (vencedor)
“Bring ya to the brink”, Cyndi Lauper
“X”, Kylie Minogue
“Last night”, Moby
“Robyn”, Robyn

Melhor Performance Vocal Solo de Rock

“Gravity”, John Mayer (vencedor)
“I saw her standing there”, Paul McCartney
“Girls in their summer clothes”, Bruce Springsteen
“Rise”, Eddie Vedder
“No hidden path”, Neil Young

Melhor Performance de Rock em Dupla ou Grupo com Vocais

“Rock N Roll”, Train, AC/DC
“Violet Hill”, Coldplay
“Long Road Out Of Eden”, Eagles
“Sex On Fire”, Kings Of Leon (vencedor)
“House Of Cards”, Radiohead