Arquivo da categoria ‘Radiohead’

Mais de 60 pessoas filmaram com suas próprias câmeras o show que o Radiohead fez em Praga em 2009 para editar um vídeo de download gratuito, algo que seduziu a banda britânica a ponto de não somente apoiar a iniciativa como também ceder o som do espetáculo.
Os fãs gravaram o show – do qual será lançado um novo álbum antes do fim de 2010 – realizado na capital da República Tcheca em 23 de agosto de 2009.

Além de ceder o som e permitir a gravação do espetáculo, os músicos britânicos também apoiaram a iniciativa divulgando o link para o download do show – radiohead-prague.nataly.fr – em seu site oficial. Tal como se explica no link para o download, o objetivo do vídeo era filmar a banda ao vivo usando o máximo possível de ângulos.

Mais de 60 fãs contribuíram com o trabalho fornecendo os vídeos do show em Praga. “Pelos fãs e para os fãs”, resume o site.

No entanto, é proibido usar o vídeo do show para fins comerciais, pois o objetivo é “compartilhar e curtir”.

Os internautas poderão baixá-lo em diferentes formatos ou assisti-lo em streaming pelo YouTube. O site deste projeto agradece ao Radiohead por aceitá-lo e permiti-lo, um gesto que “demonstra o quão perto (a banda) está de seus fãs e o quão ótima ela é”.

Anúncios

A banda Radiohead (Foto: Divulgação)

A banda inglesa Radiohead criou um DVD com imagens captadas pelos fãs em um show realizado em Praga, em agosto do ano passado. O som, para garantir a qualidade, é oficial, proveniente do áudio direto das gravações.
Há um link para se ver a apresentação no site da banda, e, segundo o site especializado em música Gigwise, o show está agendado para sair em Blu-Ray.

Esta não é a primeira vez que um show de uma banda de grande porte é apresentado com imagens captadas pelos próprios fãs de uma banda. O grupo americano de rap Beastie Boys lançou em 2006 “Awesome; I fuckin’ shot that!”, gravado por 50 fãs que receberam câmeras digitais para registrar o que bem entendessem durante a apresentação do trio no Madison Square em Nova York, dois anos antes.

Em estúdio

O Radiohead está, neste momento, em estúdio para finalizar o sucessor do disco “In rainbows”. Em agosto, Thom Yorke, líder da banda, anunciou como sendo do próximo álbum uma faixa que vem tocando em seus shows solo.

Segundo a revista “New Musical Express”, durante o show (em que o músico tocou piano e guitarra acústica), Yorke apresentou a faixa “Give up the ghost” como sendo “a nova faixa do Radiohead” – o que alimenta expectativas de que ela estaria no próximo CD da banda.

O trabalho no novo disco começou em maio de 2009, com o produtor Nigel Godrich, que já trabalhou em vários outros projetos com a banda. Em agosto, a banda lançou a primeira música das sessões: “Harry Patch (In memory of)”, um tributo ao último soldado britânico sobrevivente da Primeira Guerra Mundial


Esta notícia pode representar um soco no estômago de muita gente: Thom Yorke, o vocalista de voz arrastada do Radiohead, afirmou, com todas as letras à emissora escocesa STV, que a indústria da música vai desaparecer em um futuro não muito distante.

Ao aconselhar novos músicos a pensar melhor ao assinar contratos com gravadoras grandes (as chamadas Majors), o cantor disse: “É uma questão de tempo – meses, talvez anos – para que os empreendimentos musicais desabem completamente.”

A mensagem, com um tom um tanto assustador, é apenas um reflexo do que aconteceu anteriormente com o Radiohead, que largou a EMI depois de seis álbuns gravados e, mesmo sem ter uma gravadora, continuou fazendo sucesso ao vender suas músicas pela internet, em um sistema “pague o quanto vale” (que deu certo).

“A lacuna deixada pela indústria musical não fará muita falta ao mundo” – finalizou Yorke na entrevista. Será que é uma boa hora para os empresários começarem a preparar um plano B?
Fonte:Pop Música

O aguardado sucessor do álbum “In Rainbows”, do Radiohead, de 2007, está a caminho. Pelo menos é o que promete o guitarrista Ed O’Brien, que confirmou através do blog da banda já está acertando uma data para se reunir em estúdio.

“As vibrações estão ótimas atualmente e nós devemos nos juntar em janeiro para continuar com o trabalho que começamos no verão. Estou realmente empolgado com o que estamos fazendo, mas por razões óbvias não posso divulgar mais que isso… Todos gostamos de surpresas, não é?”, afirmou O’Brien na página da banda.

“Dez anos atrás estávamos todos na terra de ‘Kid A’ e apesar de muito orgulhoso do disco, não era um lugar divertido para se estar. O que acontece agora é que somos quase que uma banda diferente, o que significa que a nossa música está diferente também e essa é a graça do jogo… Continuar seguindo em frente”, continuou o músico, que aproveitou o post quase retrospectiva do ano para comentar sua passagem pela América do Sul.

“Quando voltamos das nossas viagens por México, Brasil, Argentina e Chile, eu quis postar algo sobre a experiência incrível que tivemos. Obrigado a todos que vieram nos ver, aqueles shows foram particularmente especiais. Teve algo de único que marcou cada noite. Foi uma honra tocar naquele continente mágico”, encerrou.